Histórico

Desde 1985, a APTC tornou-se a porta-voz dos cineastas gaúchos junto aos governos municipal, estadual e federal, ao poder legislativo e às associações empresariais, além de auxiliar o SATED e o Ministério do Trabalho na concessão de Registro Profissional de artistas e técnicos na área de cinema. Sempre lutou pela adoção de critérios transparentes no emprego de verbas e equipamentos públicos. Através do trabalho da entidade junto aos órgãos de governo, foram realizados vários concursos públicos para seleção de projetos, que resultaram na produção de inúmeros filmes gaúchos.


A entidade tem se mantido em contato permanente com os seus associados, através de um boletim informativo, comunicados, pelo menos duas Assembléias Gerais por ano, e ainda pelo caráter aberto de suas reuniões de diretoria, realizadas todas as segundas-feiras, às 19h00. A APTC participou ativamente da criação do Fumproarte, das discussões da Lei Estadual de Incentivo à Cultura (inclusive de sua posterior regulamentação) e da negociação que criou o projeto Curta nas Telas. Tomou a iniciativa de reunir os equipamentos cinematográficos do Estado no IECINE (Instituto Estadual de Cinema), promoveu convênios com órgãos federais para trazer ítens que faltavam e chegou a adquirir outros ítens – tudo colocado à disposição dos cineastas gaúchos. Promoveu cursos de formação e aperfeiçoamento, participou de seminários e organizou mostras de filmes gaúchos, do presente e do passado. Em momentos de resistência, liderou o Fórum Gaúcho em Defesa da Cultura (1990-91). Em momentos de participação, foi uma das entidades mais atuantes na 1ª Conferência Municipal de Cultura (1995) e a principal entidade instituidora da Fundacine – Fundação Cinema RS (1998). Participou ainda do extinto CEPPAV- Comitê Executivo de Políticas Públicas do AudioVisual do Governo do Estado e foi membro ativo do PROCINE. É ainda uma das entidades fundadoras da supra-entidade Congresso Brasileiro de Cinema.

Como seccional gaúcha da ABD (Associação Brasileira de Documentaristas e Curtametragistas), a APTC participou do Conselho Nacional de Cinema (1985-88), do Conselho Consultivo da extinta Embrafilme (1986-87), do 2º Encontro Nacional de Cineastas (1985), da Comissão de Acompanhamento ao Sistema do Curta-metragem (1988-90), da Comissão Especial de Cinema que criou o Prêmio Resgate do Cinema Brasileiro (1992-93) e das discussões da Lei do Audiovisual (1992). Recentemente, esteve engajada na luta pela aprovação da emenda de comissão que coloca em funcionamento o FAC (Fundo de Apoio à Cultura) e pelo lançamento da 10ª edição do Prêmio Iecine de curta-metragem após 4 anos de espera.

Até o momento, já passaram pela diretoria da APTC mais de 100 pessoas – listadas abaixo em ordem alfabética (veja as diretorias completas em ordem cronológica de eleição na sessão DIRETORIA):

Adriana Borba
Alex Sernambi
Alfredo Barros
Aline Rizzotto
Alpheu Ney Godinho
Amabile Rocha
Amaro Gonçalves Jr.
Ana Adams
Ana Luiza Azevedo (presidente 1995-1997)
André Arieta
Angelisa Stein
Beto Mattos
Beto Picasso
Beto Rodrigues
Bibiana Mandagará
Boca Migotto
Bruno Carvalho
Bruno Polidoro
Cacá Nazário
Camila Gonzatto
Carla Saueressig Schlosser
Carlos Gerbase (presidente 1991-1993)
Cássio Tolpolar
Chaiane Bitelo
Christian Lesage
Cibelo de Grandi
Cláudia Dreyer (presidente 2011-2013)
Claudio Fagundes
Cristiane Oliveira
Cris Reque
Dainara Toffoli
Daniela Strack (presidenta 2019-2021)
Daniel de Bem
Daniel Laimer
Davi de Oliveira Pinheiro (presidente 2015-2017)
Débora Peters
Denise Marchi
Diego Müller
Emiliano Cunha
Fabiano Florez
Fábio Baltar
Fabricio Sortica
Fiapo Barth
Flávia Moraes
Flávia Seligman
Francisco Ribeiro
Germano de Oliveira
Giba Assis Brasil (presidente 1989-1991/2013-2015)
Gilberto Baum
Gilberto da Cunha
Gilberto Perin
Gilson Vargas
Giordano Gio
Gisele Hiltl
Glênio Póvoas
Guilherme Castro (presidente 2007-2009)
Gustavo Fernandez
Gustavo Spolidoro
Halina Andrade
Henrique de Freitas Lima (presidente 1985-1987)
Henrique Lahude
Henrique Schaefer
Jaime Lerner (presidente 1993-1995/2009-2011)
Janaína Fischer
Joana Bernardes
Jonatas Rubert
João Guilherme Barone
João Knijnik
Jorge Furtado
José Maia
José Pedro Goulart (presidente 1987-1989)
Juan Zapata
Laís Chaffe
Leo Sassen
Letícia Corrêa
Letícia de Cássia
Lígia Walper
Liliana Sulzbach
Lisiane Cohen
Lívia Pasqual
Lucas Cassales
Luciana Tomasi
Luciano Miranda
Luciano Moucks
Luciano Koch
Luiz Alberto Cassol
Manoel Scalante
Mariana Muller
Mário Nascimento (presidente 2003-2005)
Marta Almeida
Marta Biavaschi
Marta Machado (presidente 2005-2007)
Matheus Piccoli
Maurício Borges de Medeiros
Mauro Dorfman
Milton do Prado (presidente 2001-2003)
Monica Schmiedt
Muriel Paroboni
Nora Goulart
Otto Guerra
Pablo Müller
Pedro Guindani (presidente 2017-atual)
Rafael Figueiredo
Ramiro Azevedo
Regina Martins
Renato Pedroso Junior
Richard Tavares
Roberto Henkin
Rodrigo Guimarães
Rodrigo Scheid
Rogério Ferrari (presidente 1999-2001)
Rogério Rodrigues
Rudi Lagemann
Saturnino Rocha
Sérgio Amon
Sérgio Silva
Teresa Assis Brasil
Tony Rabatoni
Valéria Verba
Vera Senott
Werner Schünemann (presidente 1997-1999)

 

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: