SALA P. F. GASTAL REALIZA SESSÃO EM HOMENAGEM A CARLOS REICHENBACH

A Sala P. F. Gastal da Usina do Gasômetro (3º andar) realiza na próxima sexta-feira, 29 de junho, às 20h30, uma sessão especial do projeto Raros, exibindo Filme Demência, de Carlos Reichenbach. A sessão, que presta homenagem à memória do grande cineasta brasileiro há pouco falecido, exibe justamente aquele que ele próprio considerava seu melhor filme, numa edição do já tradicional projeto da Sala P. F. Gastal – criado em maio de 2003 – de exibição de filmes raros e do qual Carlão (como costumava ser chamado por seus amigos e admiradores) era um entusiasta, tendo lhe inspirado inclusive a realização das populares Sessões do Comodoro, no Cinesesc de São Paulo. Colaborador do Raros, com o qual contribuía enviando vários filmes, Reichenbach foi o convidado especial da edição número 100 do projeto, realizada há 5 anos, em 22 de junho de 2007. Na ocasião, Reichenbach participou de uma sessão histórica, exibindo uma versão restaurada de seu clássico Lilian M – Relatório Confidencial (1975).

A trama de Filme Demência, escrita em conjunto com o crítico de cinema Inácio Araújo, acompanha a trajetória de Fausto, um industrial à beira da falência que num momento de crise rompe seus  laços familiares e munido de uma arma mergulha na noite de São Paulo em busca de um paraíso imaginário. Trata-se de uma livre adaptação do Fausto de Goethe, transposto para a realidade brasileira. O filme conquistou o prêmio de melhor direção para Reichenbach no Festival de Gramado e marcou um momento de virada em sua carreira. No ano seguinte, no mesmo Festival de Gramado, Reichenbach receberia o Kikito de melhor filme com Anjos do Arrabalde, consolidando sua reputação como um dos principais nomes do cinema de autor no país. 

A sessão de Filme Demência será comentada pelo jornalista Carlos Thomaz Albornoz e pelo montador e professor de cinema Milton do Prado, dois dos maiores amigos e admiradores de Reichenbach em Porto Alegre (Albornoz chegou a atuar em Bens Confiscados, que Carlão rodou no litoral gaúcho).

 

Filme Demência será exibido numa cópia em DVD da Programadora Brasil, projeto de difusão de filmes do Ministério da Cultura. A sessão tem entrada franca.

Filme Demência, de Carlos Reichenbach. Brasil, 1985. Com Ênio Gonçalves, Imara Reis, Emílio Di Biasi e Orlando Parolini. Duração: 90 minutos.

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: